Arquivos para posts com tag: sobreposição

Um dos truques de styling mais adotados por garotos que têm quadris largos e/ou pneuzinhos do mal é sobrepor uma camisa de botão à camiseta, suavizando a silhueta e tirando a cintura do foco de atenção. Daí que surge um mega hit sensation da música sertaneja – the one and only Luan Santana – com uns volumes a mais na cinturinha. O resultado disso?

Pois é, Luan. 2011 tá aí, já fomos obrigados a escutar sua música no ano passado inteiro e você ainda não se aposentou. Vamos modernizar? Contrata um compositor stylist novo, corta esse cabelo de cacatua (via @victorcyreno) e abraça 2011 como o ano da sua salvação.

Ps.: se você não é uma sensação pop sertaneja, mas tem aquela bordinha de catupiry incômoda, pode continuar apostando na sobreposição, que ainda está valendo, ok?

————————————————–

Enquanto Luan não sai do armário muda de vida, ficam aqui registradas algumas referências:

Franjas, franjas, franjas. Além de atualizar o look, vão fazer um movimento incrível no palco, para quando você pular e girar dizendo que seiquem é um METEORO DA PAIXÃO.

Couro e botinhas? É nessas horas que você percebe que se deparou com mestres. O visual monocromático do Luciano alivia super as saliências na cintura, sem contar que tem brogueira por aí matando e morrendo por um coletinho igual ao do Zezé.

Ops, my bad!

Hoje eu vou inaugurar mais uma categoria aqui no MTbP!, a Enquete de Segunda, para que eu possa conhecer um pouco mais as opiniões e estilos dos leitores do blog.

A primeira enquete é sobre um assunto que eu adoro: sobreposições. Como esse clima infernal constante do Recife, uma peça em cima da outra é meio inviável, mas, quando estou num lugar mais friozinho (#gravatáfeelings), super me jogo nas sobreposições.

Encontrei três possibilidades bem legais de utilizar a sobreposição: o cardigã do Ryan Gosling, o suéter do Orlando Bloom e a gola v do Jonathan Rhys Meyers. Quem agradou mais?

Não é porque você é macho e gosta de esportes que tem que assistir aos jogos vestido como um cafuçu. É só seguir o exemplo do Ryan Gosling no jogo dos Lakers:

Adaptando para a realidade do Recife, acho que vou sugerir o look para a Torcida Jovem.

O Fashion Rio acabou ontem e o Meninos também podem! traz para você um apanhado geral do que rolou nas passarelas, antecipando as tendências de moda masculina que vão ser confirmadas na SPFW. (Esse parágrafo de abertura ficou super jornalistão, né? Deus é mais)

Vamos aos desfiles!

R. Groove

R. Groove

A R. Groove teve a brilhante (not) ideia de misturar surfwear com alfaiataria – o styling, como não podia deixar de ser, ficou bem confuso. Como se já não bastasse, investiram pesado na transparência, tendência super difícil de pegar entre os meninos. Mas a coleção não foi totalmente inapropriada. Alguns grafismos ficaram bem interessantes e gostei do rosa, amarelo e turquesa contrapondo tons mais sóbrios.

Redley

Redley

Trouxe uma pegada utilitarista, que eu particularmente não gosto, mas que está em alta na estação. Aproveitou muito bem a cartela de cores do inverno, com tons de verde, azul e violeta, além do preto e do cinza. Quem apareceu de novo na passarela foram as meggins, que já tinham bombado na Aüslander. Será que vira hit? A transparência também apareceu, só que mais discreta que no desfile da R. Groove.

 

TNG

TNG

Confesso que o desfile da TNG me surpreendeu. Eles foram buscar inspiração nas tribos do Canadá e Alasca para elaborar a estamparia e investiram nas maxicamisetas que já são hit. Gostei também que eles exploraram a sobreposição, muito mais coerente com o inverno brasileiro. Gostei do vermelho e adorei o xadrez de lenhador canadense. Além disso, bolsa masculina para todos os gostos.

jonkortajarenaforcafe7

O Meninos esteve meio parado esses dias, mas não aconteceu nada de grave, viu? Para compensar, com a virada do ano chegando, achei um editorial bacanérrymo que resume bem as tendências da próxima estação.

Todas as tendencinhas foram organizadas de uma maneira super natural e totalmente usável, inclusive aquelas impossíveis animal prints da London Fashion Week, que quase passam despercebidas. A saruel, believe it or not, continua.

Além disso, jeans com jeans, couro, xadrezes misturados, foulards masculinos, barras e mangas dobradas, sneakers coloridos etc.

 

jonkortajarenaforcafe1 jonkortajarenaforcafe3 jonkortajarenaforcafe4 jonkortajarenaforcafe6

jonkortajarenaforcafe5 jonkortajarenaforcafe8 jonkortajarenaforcafe2

Foi fotografado por Tobias Lundkvist, com styling da Lisa Lindqwister, para a revista Café. A estrela é o meu modelo mais que preferido para sempre Jon Kortajarena.

Quando é que a gente vai encontrar meninos assim andando pelas ruas do Recife?

londondandies

Por favor, me digam que a pessoa de chapéu e cabelo longo não é do sexo masculino.

Só pra variar, eu ainda estou sem internet. Estou neste exato momento num badalado shopping do Recife, sentado num estande promocional de uma operadora de celular, porque não existe UM ÚNICO ponto de alimentação de energia para o meu laptop. Mas, sim, vamos ao que interessa.

Venho por meio desta só trazer mais um indício da convergência das modas masculina e feminina. O todo poderoso diretor de criação da Maison Chanel a.k.a. Karl Lagerlfeld colocou no seu desfile para a semana de moda de Paris looks idênticos para meninos e meninas:

meninos 

Nós também podemos, viu?

%d blogueiros gostam disto: