O Fashion Rio acabou ontem e o Meninos também podem! traz para você um apanhado geral do que rolou nas passarelas, antecipando as tendências de moda masculina que vão ser confirmadas na SPFW. (Esse parágrafo de abertura ficou super jornalistão, né? Deus é mais)

Vamos aos desfiles!

R. Groove

R. Groove

A R. Groove teve a brilhante (not) ideia de misturar surfwear com alfaiataria – o styling, como não podia deixar de ser, ficou bem confuso. Como se já não bastasse, investiram pesado na transparência, tendência super difícil de pegar entre os meninos. Mas a coleção não foi totalmente inapropriada. Alguns grafismos ficaram bem interessantes e gostei do rosa, amarelo e turquesa contrapondo tons mais sóbrios.

Redley

Redley

Trouxe uma pegada utilitarista, que eu particularmente não gosto, mas que está em alta na estação. Aproveitou muito bem a cartela de cores do inverno, com tons de verde, azul e violeta, além do preto e do cinza. Quem apareceu de novo na passarela foram as meggins, que já tinham bombado na Aüslander. Será que vira hit? A transparência também apareceu, só que mais discreta que no desfile da R. Groove.

 

TNG

TNG

Confesso que o desfile da TNG me surpreendeu. Eles foram buscar inspiração nas tribos do Canadá e Alasca para elaborar a estamparia e investiram nas maxicamisetas que já são hit. Gostei também que eles exploraram a sobreposição, muito mais coerente com o inverno brasileiro. Gostei do vermelho e adorei o xadrez de lenhador canadense. Além disso, bolsa masculina para todos os gostos.

Anúncios