Por mais que não se encaixe exatamente no estereótipo de “blogueira de moda”, Laíse Queiroz é autora de um dos meus blogs preferidos, o No Shirts, No Service. Além do nome genial, o blog reúne informações diretas e úteis sobre um dos grandes objetos de desejo entre geeks e fashionistas: as camisetas. Além de escrever o NSNS, Laíse é estudante de Rádio e TV, trabalha com mídias sociais e edição de vídeo.

Sobre moda masculina, Laíse vai bem além das camisetas e concede uma entrevista super legal para o meninos também podem:

Meninos também podem: Para começar, você concorda que meninos também podem gostar de moda?

Laíse Queiroz: Claro! Entender a moda e a partir dai criar um estilo próprio, sem ser refém de nada mas entendendo todas as possibilidades é uma forma de se comunicar, de se expressar, de mostrar quem você é. Não faz o menor sentido ser algo estritamente feminino, meninos também devem.

Mtbp: Quem você apontaria como um cara que se veste muito bem?

LQ: De cara me vem a mente o Dr. Foreman, de House. Acho que ele se veste de forma espetacular! É em quem eu penso quando se fala em elegância masculina. Mas é um personagem, né?

Na vida real, tem que ser o Johnny Depp. Sei que é clichê falar o nome dele em praticamente qualquer questionário (bom ator? O cara entra. Homem gato? Ele ta lá. Cheio de estilo? Johnny já é certo), mas fazer o que se ele sabe das coisas? Johnny se veste de forma elegante, mas respeitando totalmente o próprio estilo. Arrasa tanto no red carpet quanto no dia-a-dia e pode estar de camiseta branca e calça jeans que transforma o look em algo cheio de bossa.

Mtbp: E um que precisa mudar o guarda-roupa right now?

LQ: Vale Fiuk? Restart? Eles são café-com-leite, né? Então vou escolher alguém menos óbvio, que muita gente considera um símbolo fashion e pra mim é super cafuçu de luxo: Cristiano Ronaldo. Pra mim ele ta aí pra provar que marca não é tudo.

Mtbp: Qual peça/tendência masculina você mais gosta?

LQ: Gosto muito de cachecol masculino, mas acaba sendo uma tendência complicadinha (-íssima) em lugares como Recife. Mas dá pra ficar arrasante de forma bem mais simples: uma boa camisa ou camiseta podem fazer toda a diferença.

Mtbp: E qual peça/tendência masculina deveria ser banida da face da terra?

LQ: Difícil essa, viu? Porque tudo depende de quem usa, e se ele sustenta ou não aquela tendência. Mas uma coisa que eu não curto é aquela camisa super colada no braço, que os caras musculosos usam de propósito pra “valorizar”, sabe?

Mtbp: Qual o maior erro que um cara pode cometer ao escolher o look?

LQ: Não conhecer o próprio corpo e saber o que valoriza e o que destroi.

Paulo, você arrasa. O “meninos” é um lugar caprichadíssimo e você e seus leitores podem, e podem muito! Meninos, se joguem, moda é expressão, não tenham medo de se mostrar, porque pra sustentar aquela roupa incrível basta coragem, estilo e carão!

Para ilustrar o depoimento, Laíse ainda nos manda a foto de um de seus ícones de estilo: Caio Alves vestido de índio ❤

Foi para promover a Barca?

Anúncios