Falar de androginia na moda não é novidade para ninguém; quantas e quantas vezes nós vimos as mocinhas se apropriando do vestuário masculino e aparecendo nos editoriais com uma vibe tomboy? É até um certo fetiche da moda pegar aquelas tops incríveis e tirar todo o glamour e feminilidade, definitivamente chama bastante atenção. E o contrário, será que funciona?

Acompanhando os desfiles de moda masculina da última estação eu sempre me deparava com uma figura que parecia um intruso – os cabelos longos, lisos e platinados acompanhados de um rosto delicado me faziam pensar que tinha uma menina nas passarelas masculinas, que alguém tinha colocado ela no casting por engano. O engano, ledo engano, por sinal, era todo meu. Tratava-se de Andrej Peijic, modelo australiano que vem se tornando a mais nova sensação do mundo da moda masculina. E ele não está sozinho.

Amy – lembram que eu falei aqui do James Franco travestido na capa da Candy? Pois então, agora é a vez de Ash Stymest acreditar na peruca e subir no salto para fazer uma das interpretações mais legais de Amy Winehouse que eu já vi. Tá, tudo bem que a Amy tá super caidinha e que usar perucona + make típicas da cantora é um atestado de decadência, mas vocês hão de concordar que Ash mostrou muita versatilidade! Eu já achava ele ótimo, mas depois dessa ele definitivamente entrou pro meu top3. Vale a pena clicar aqui e conferir o ensaio inteiro.

Lea – continuando a vibe transgender, quem continua emplacando editoriais mundo afora é a transexual brasileira Lea T., que desta vez aparece cercada de modelos brasileiros em editorial da revista Hercules.

E vocês, meninos e meninas? O que acham das referências?

Anúncios