Eu já falei aqui como adorei a coleção da Rad by Rad Hourani na NYFW, mas já tenho um outro desfile para dividir meu coração – da Native Son.

Além das peças bem cortadas, me apaixonei pelas estampas e pelos brilhos propostos nos paletós, o comprimento das calças e shorts e as meias, que ora aparecem sobrepostas, ora estão fora do look.

Mas o que mais chamou atenção no desfile, definitivamente, foi a cintura marcada. A tendência já vinha aparecendo de forma tímida desde a estação passada, mas não me lembro de ter visto uma coleção apostar tanto como a da Native Son.

Vocês já devem estar cansados de tanto eu dizer por aqui que tal coisa é um tabu para o vestuário masculino, mas desta vez eu falo com propriedade. Uma coisa é uma tendência casual do streetwear, que é totalmente restrita à expressão individual dos garotos, mas incluir um elemento como esse em trajes clássicos é bem diferente.

Se a falta de meias já causaria comoção entre os mais tradicionais, o que dizer de colocar um cinto sobreposto ao paletó, reestruturando a silhueta masculina completamente? É fácil de tragar quando vemos assim, nas passarelas da NYFW, mas como reagiríamos ao encontrar alguém vestido dessa forma na formatura da prima ou na festa da empresa?

Desta vez eu não vou registrar minha opinião, até porque eu acho que ainda não tenho uma opinião formada, mas queria saber o que vocês acham da ideia. Conversamos melhor nos comentários.

Anúncios