Uma forma cada vez mais comum de divulgar informação de moda é o vídeo. Diferentemente das passarelas, cujo acesso é restrito, e dos editoriais, imagens super tratadas e estáticas, os vídeos passam uma experiência de moda diferente, com movimento e dramaticidade, carregando ainda mais a roupa de significado.

Geralmente, os vídeos são super bem produzidos, mas, verdade seja dita: modelos não são atores. Na maioria das vezes, os vídeos de moda perdem um pouco de seu efeito porque os modelos não têm a concentração e o preparo necessários. Mas a gente sempre pode se surpreender, certo?

“The White Room”, de Sharif Hamza para a coleção de inverno 2010 da Dior Homme, é uma das boas surpresas. Muito legal dos pontos de vista estético e cinematográfico, mas confesso que ainda tenho certa resistência a algumas peças criadas por Kris Van Assche para a coleção.

Anúncios